Central de Disposição de Resíduos

Central de Resíduos

Central de Resíduos

Primeira Unidade de Negócios da Proamb

 

Localizado em Pinto Bandeira, em um terreno de 28 hectares, a central de resíduos da Proamb realiza diariamente a destinação final de resíduos sólidos industriais classe I (perigosos) e classe IIA (não inertes). O espaço tem capacidade para receber em média 3000m³/mês.

 

Certificada com a ISO 14001, tornou-se modelo no Brasil devido ao seu processo operacional e controles ambientais, com células triplamente impermeabilizadas e totalmente cobertas, oferecendo acima de tudo, segurança aos seus clientes.

 

A vida útil do aterro tem prazo indeterminado, pois está diretamente relacionada aos volumes recebidos, que tendem a variar em função do desenvolvimento de novas tecnologias de Produção Mais Limpa e de reciclagem dos resíduos.

Resíduo Classe I e Classe IIA

Resíduo Classe I

 Segundo a norma ABNT NBR 10004, de 2004, resíduo Classe I (perigoso), em função de suas propriedades físico-químicas e infecto-contagiosas, é o que pode apresentar risco à saúde pública e ao meio ambiente. Deve ter ao menos uma das seguintes características: inflamabilidade, corrosividade, reatividade, toxicidade e patogenicidade.

Destinadas à disposição de resíduos Classe I, as células da central da Proamb tem capacidade para receber:

• Lodo galvânico;

• Borra de tinta à base de água;

• Aparas de couro;

• Lixas contaminadas, entre outros.

Os resíduos destinados à central não devem possuir características de inflamabilidade, conforme estabelece a portaria 16/2010 da Fepam.

 

Resíduo Classe IIA

Segundo a norma ABNT NBR 10004, de 2004, é o resíduo ou mistura de resíduos sólidos que não se enquadram na Classe I (perigosos) ou na Classe IIB (inertes). Podem ter propriedades tais como: combustibilidade, biodegradabilidade ou solubilidade em água.

Destinadas ao armazenamento de resíduos Classe IIA, as células da central da Proamb tem capacidade para receber:

• Borra de vidro;

• Resíduos de borracha;

• Resíduos de EVA;

• Resíduos de PU;

• Cinza de caldeiras;

• Lodo de fosfatização;

• Areia de fundição não fenólica;

• Aparas de papel;

• Pó de polimento, entre outros.

 

Impermeabilização

A impermeabilização garante que os resíduos ali dispostos não irão contaminar o solo, o lençol freático ou as águas subterrâneas. Além disso, as células são totalmente cobertas, o que evita a formação de percolado e por questões de segurança, as células possuem sistema de drenagem de gás e de percolado.

Quanto ao fechamento de cada célula da central, a impermeabilização superior a ser aplicada deverá garantir que a taxa de infiltração na área seja inexistente. Dessa forma, esta impermeabilização deverá ser tão eficaz quanto a inferior.

 

Uso Futuro da área

A área do empreendimento será destinada no futuro para preservação da fauna silvestre, especialmente aves. A superfície das células será revegetada com gramíneas que servirão de pouso, nidificação e alimentação das aves. As áreas externas ao empreendimento serão mantidas em sucessão natural da vegetação.

 


Galeria de Imagens

Monitoramento Ambiental

A central de disposição da Proamb foi projetada para recebe e dispor resíduos industriais e, para tanto, possui um programa completo de monitoramento, que garante a qualidade e segurança no serviço prestado. O sistema de monitoramento inclui:

• Vistorias mensais para assegurar a integridade física das células e demais infraestruturas do aterro;

• Monitoramento das águas subterrâneas através de nove poços de monitoramento com Laboratório credenciado na FEPAM;

• Análises periódicas de classificação e umidade de resíduos dispostos no aterro, assegurando a correta destinação e atendimento aos parâmetros da licença ambiental;

• Acompanhamento do crescimento de árvores nativas plantadas com o objetivo de redução do impacto visual;

• Em eventual formação de percolado, a central possui reservatórios de segurança para onde é drenado o líquido para posterior recirculo sob a célula de mesma classe;

• Monitoramento 24hs/dia;

• Sistema de proteção contra incêndio composto por câmeras, sensores de fumaça, rede de hidrantes e alarmes.

O monitoramento ambiental da área se estenderá por 20 anos após o encerramento das atividades da central de disposição. Qualquer não conformidade será imediatamente sanada.


Galeria de Imagens

Transporte

Por ser capaz de causar riscos bem como prejuízos materiais e danos ao meio ambiente, o transporte de cargas perigosas é rigorosamente controlado. Na Proamb ele é realizado por empresas terceirizadas, devidamente licenciadas pela Fepam. Todas seguem as diretrizes contidas no Manual de Orientações Técnicas elaborado, fornecido, controlado e treinado pela entidade.

Os resíduos só podem ser liberados para envio ao aterro industrial da Proamb após assinatura de contrato, estando nas condições técnicas para disposição e previamente avaliados.

Quando uma carga chega à central de disposição, é realizado um chek-list através do qual se confere se o resíduo está nas condições técnicas para ser disposto e se as informações estão de acordo com o informado no MTR e na nota fiscal.

Como Chegar

Galeria de Imagens

+55 (54) 3055.8700 / 99109.1113 / 99128.6149 - proamb@proamb.com.br

© Todos os Direitos Reservados 2013 | Fundação Proamb