Imprensa

17/03/2017

A importância do setor de compras

No próximo dia 22, dentro do calendário de eventos da Fundação Proamb Educação, está previsto o curso de capacitação “Negociação para Compradores”. Gilca Marchesan Bellaguarda, diretora da E-Saberes, consultoria e treinamento, que será a facilitadora, antecipa aqui alguns aspectos importantes sobre o tema proposto. Acompanhe.

O setor de compras, mais do que selecionar e encaminhar fornecedores e insumos para produção e infraestrutura da empresa, deve ser encarado como um recurso decisivo para a organização.   O profissional do setor já não pode se conformar em conviver com estereótipos como “não mostrar os dentes”, ou mesmo “aplicar um chá de cadeira” aos fornecedores que visitam a empresa. Ele deve estar consciente de que sua atividade é fundamental para o desempenho de toda a organização. Ao estar devidamente conectado e preparado para fazer as leituras corretas e se relacionar com as demais áreas, como produção, engenharia e marketing, estará cumprindo seu papel na plenitude. Não há mais espaço para profissionais que atuam de formas isolada e intuitiva, não alinhados com a missão e os objetivos macro da empresa.

Nesse contexto, a negociação surge como uma ferramenta básica para os profissionais do setor. Aqui, a velha expressão “queda de braço” também é outro estereótipo que simboliza uma anomalia em atitude de negócios. Mais do que uma técnica para chegar a um acordo entre duas partes, a negociação é estratégica. O desempenho do comprador durante a negociação vai afetar toda a cadeia de eventos no fluxo operacional da organização. É comum os profissionais de compras, até influenciados pelos seus gestores, considerarem o menor preço uma condição indispensável para o fechamento de um negócio. Observa-se que por uma questão de lógica, menor preço pode significar perda de qualidade. Se levarmos o exemplo à compra de uma peça para uma máquina do setor de produção, o fator menor preço poderá puxar para baixo a qualidade de toda uma cadeia de eventos. E, no fim da linha, um produto inferior como resultado.

Para o profissional, ter consciência das implicações da negociação de compra para a empresa é um grande passo na direção de desempenhar a função de forma eficaz. Conhecer os preços praticados pela concorrência, estudar as opções em produtos e serviços existentes no mercado e se atualizar sobre as reais necessidades da compra de determinados produtos conduzem a fechamento de negócios que contribuem para o bom desempenho da empresa como um todo.

Se você tem interesse em conhecer melhor o assunto e se preparar melhor como profissional, acesse o link: https://goo.gl/A5wfuz

 

-

Compartilhe isto:


Galeria de Imagens

Comente esta Notícia
  • Unidade Administrativa:
  • Rua São Paulo, 1068, Borgo, Bento Gonçalves - RS
  • CEP 95705-420
  • Unidade Central de Resíduos:
  • Linha Brasil, s/nº, Pinto Bandeira – RS
  • CEP 95717-000
  • Unidade Blendagem:
  • Av. Getúlio Vargas, 7700, Morretes, Nova Santa Rita – RS
  • CEP 92480-000 – Caixa Postal: 73
+55 (54) 3055.8700 / 99109.1113 / 99128.6149 - proamb@proamb.com.br

© Todos os Direitos Reservados 2013 | Fundação Proamb