Imprensa

30/09/2014

Alternativa ambiental

Confira matéria sobre o coprocessamento na coluna da Silvana Toazza, hoje, no Jornal Pioneiro.

 

Alternativa ambiental

Os avanços tecnológicos têm diminuído a vida útil de produtos, descartados precocemente. Uma alternativa que degrada menos o ambiente e reduz custos é o coprocessamento de resíduos industriais em fornos de cimento, amplamente usado nos Estados Unidos e na Europa.

Por aqui, esse caminho também é vitorioso e vem ganhando força. Com mais de 20 anos de experiência em soluções ambientais, a Fundação Proamb, com sede em Bento Gonçalves, disponibiliza às empresas sua unidade de coprocessamento em Nova Santa Rita (RS).

Por meio de um sistema desenvolvido para identificar, selecionar e processar resíduos sólidos industriais, produz um combustível para a indústria do cimento, a partir de um mix de dejetos industriais, denominado blend.

O blend é conduzido aos fornos da Intercement, de Candiota. Posteriormente, as cinzas residuais da queima nos fornos são incorporadas ao cimento fabricado pela empresa. Bela alternativa.

-

Compartilhe isto:


Galeria de Imagens

Comente esta Notícia
  • Gestão ambiental se faz com prevenção

    Pesquisador da Embrapa palestrou na aula inaugural do curso de Agronomia do IFRS, em evento satélite do Seminário Brasileiro de...

    Veja Mais
    • Unidade Administrativa:
    • Rua São Paulo, 1068, Borgo, Bento Gonçalves - RS
    • CEP 95705-420
    • Unidade Central de Resíduos:
    • Linha Brasil, s/nº, Pinto Bandeira – RS
    • CEP 95717-000
    • Unidade Blendagem:
    • Av. Getúlio Vargas, 7700, Morretes, Nova Santa Rita – RS
    • CEP 92480-000 – Caixa Postal: 73
    +55 (54) 3055.8700 / 99109.1113 / 99128.6149 - proamb@proamb.com.br

    © Todos os Direitos Reservados 2013 | Fundação Proamb