Imprensa

04/11/2015

Coprocessamento, ferramenta sustentável para gestão de resíduo

A unidade de coprocessamento da Fundação Proamb, através de sistema especialmente desenvolvido para identificar, selecionar e processar resíduos sólidos industriais, produz um combustível alternativo para a indústria do cimento preparado com um mix de resíduos industriais, o “blend”.

O blend é encaminhado aos fornos da Intercement, em Candiota (RS), empresa fabricante de cimento parceira no processo. Os fornos operam em alta temperatura e são considerados ideais para a eliminação dos resíduos, já que a destruição térmica destes alcança eficiência superior a 99,9%. As cinzas obtidas ao fim da queima também são incorporadas ao cimento, evitando a geração de passivos ambientais. Além disso, o forno possui equipamentos de controle para prevenir qualquer emissão atmosférica de gases poluentes.

O coprocessamento é, sem dúvida, a técnica mais nobre para a destruição de resíduos industriais perigosos. Além da alta eficiência de destruição, os resíduos deixam de ser aterrados e ainda são usados para gerar calor, minimizando a utilização de combustíveis fósseis.

-

Compartilhe isto:


Galeria de Imagens

Comente esta Notícia
+55 (54) 3055.8700 / 99109.1113 / 99128.6149 - proamb@proamb.com.br

© Todos os Direitos Reservados 2013 | Fundação Proamb