Imprensa

18/02/2016

Especial 25 anos | A primeira central de resíduos do estado a conquistar a ISO 14001

Após consolidar sua proposta de oferecer serviços ambientais e colocar a central de resíduos em operação, era o momento de ampliar a visão e buscar novos desafios.  Permanentes inquietação e busca por inovação sempre foram características marcantes das sucessivas equipes de gestão da Fundação Proamb.  

No final dos anos 2000, em uma reunião do Conselho de Administração, foi solicitado um estudo para implantação da ISO 14001. “A década de 1990 foi a época da 9000, da ISO da qualidade. A ISO do meio ambiente era algo muito novo. Não tinha ninguém em Bento Gonçalves fazendo. Fomos os pioneiros. E foi legal, pois quando surgiu a ideia, a diretoria logo decidiu fazer. Não houve dúvidas”, conta Fabiane Locatelli, diretora responsável pelo processo de certificação.

As séries de normas 14000 da International Organization for Standardization (ISO) foram desenvolvidas nos anos 1990, mas levaram alguns anos para se tornar tema no meio empresarial brasileiro. Porém, para a Fundação Proamb, a implantação da ISO 14001 se encaixava com a visão para o futuro da organização e o processo para adquirir a certificação, iniciado em maio de 2001, foi como algo natural em sua trajetória histórica. Em junho de 2002, a empresa já recebia a visita de auditoria do órgão certificador.

Por mais uma vez estar na vanguarda dos acontecimentos, a equipe da Proamb se viu sem parâmetros ou exemplos concretos para nortear o processo de normatização. De forma diferente da instalação de uma indústria, em que resíduos são material de descarte, na construção de uma central de resíduos industriais o impacto ambiental é inerente ao negócio. Aspecto cuja complexidade deveria ser devidamente equacionada para enquadrar a operação dentro do que preconizava a ISO 14001.

Outro aspecto que mereceu decisão cuidadosa foi incluir, ou não, a questão do transporte dos resíduos na certificação. A decisão pelo “sim” mostra que foi a mais acertada, apesar de impor mais dificuldades no atendimento às exigências normativas. Hoje as operações da Fundação Proamb se multiplicaram. Na mesma proporção, logística e transporte se tornaram maiores e mais complexos. Porém a decisão acertada em optar pela inclusão do transporte na certificação ISO 14001 permitiu à organização manter a excelência em seu padrão de serviços.

A Central de Resíduos Proamb foi a primeira do Rio Grande do Sul, e a segunda do Brasil, a conquistar a ISO 14001. Feito marcante, que contribui para proporcionar à empresa expandir continuamente estrutura e operacão sem perder rigor e segurança nos processos, para tranquilidade de seus gestores e clientes finais.

-

Compartilhe isto:


Galeria de Imagens

Comente esta Notícia
+55 (54) 3055.8700 / 99109.1113 / 99128.6149 - proamb@proamb.com.br

© Todos os Direitos Reservados 2013 | Fundação Proamb