Imprensa

26/03/2015

Fundação Proamb realiza o I Encontro Técnico Brasil - Alemanha: Tratamento de Resíduos

O I Encontro Técnico Brasil - Alemanha: Tratamento de Resíduos iniciou hoje, dia 25, pela manhã, e segue até amanhã, dia 26.
O encontro reuniu profissionais que atuam com gestão e gerenciamento de resíduos sólidos e interessados na temática. Apresentou tecnologias e soluções, tais como: o reaproveitamento energético, técnicas de remediação, destinação final.

Na oportunidade, ministraram o PhD Gerold Hafner, o Dr. Erwin Thomanetz, Axel Bernstorff, Dominik Leverenz e Matthias Rapf, da Alemanha, André Gomes, de Portugal, Gustavo Fiorese, Mario Guilherme Sebben, Evaldo Oliveira, Nedio de Lazari, Luciano Ávila, Mario Rogerio Kolberg Soares, Diógenes Del Bel, Gilberto Meletti, Ana Maria Pellini, Carlos Roberto Lima Paganella e Gustavo Teixeira e Silva, do Brasil.

Iniciando a programação do evento, Dr. Erwin Thomanetz, da Alemanha, E Especialista em Pirólise de Resíduos, oficialmente nomeado e certificado pela Câmara de Comércio alemã, membro do Conselho Consultivo da Associação de Áreas Contaminadas de Baden-Wuerttemberg, explanou suas experiências sobre a gestão de resíduos perigosos na Alemanha e na Europa, salientando o desenvolvimento, explicando a situação atual e comentando sobre tendências futuras. Na sequencia, técnico da Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luís Roessler (FEPAM), na área de resíduos sólidos e passivos ambientais industriais, Mario Rogerio Kolberg Soares, falou sobre resíduos sólidos e o gerenciamento de áreas com potencial de contaminação.

Após um breve intervalo, Luciano Ávila, Sócio-Diretor da EcoREG do Brasil – Consultoria de Serviços Ambientais, explicou aos presentes sobre a contaminação de solos e águas subterrâneas por compostos halogêneos. Complementando a fala de Ávila, subiu ao palco, o profissional da Alemanha, Axel Bernstorff, gerente de projetos da Harbauer GmnH em Berlim, e explicou as tecnologias de tratamento para a remoção de diferentes contaminações de água subterrânea.

No final da manhã acorreu um debate, que foi mediado por Fernando Zorzi. Nesse momento todos palestrantes da primeira etapa de atividades do evento foram reunidos para os presentes fazerem perguntas e esclarecerem suas dúvidas.

As atividades retornaram após o almoço, com a explanação de Diógenes Del Bel, diretor presidente da Abetre (Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos), fazendo um balanço sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Em seguida, Mario Guilherme Sebben, diretor presidente e responsável pelas áreas de Planejamento Estratégico, Recursos Humanos e Marketing do Grupo Datasys, composto pelas empresas Datasys Companhia de Processamento de Dados, Dueto Tecnologia e ApliquimBrasil Recicle, explicou o acordo setorial para logística reversa de lâmpadas fluorescentes e falou sobre a problemática da destinação de lâmpadas fluorescentes.

O PhD Gerold Hafner, chefe da consultoria “TGU-Resources” da Universidade de Stuttgart e especialista na área de gestão de recursos e resíduos industriais, fez sua palestra sobre o tema gestão de recursos na indústria, apresentando case da Alemanha. Finalizando as palestras do primeiro dia, Gustavo Fiorese, Supervisor da unidade de Coprocessamento da Fundação Proamb, apresentou suas experiências sobre a técnica de Coprocessamento, explicando o funcionamento da atividade aos presentes.

Após a última palestra, a mediadora Marise Keller, coordenou o debate com todos os palestrantes que falaram durante a tarde.

O segundo dia do I Encontro Técnico Brasil - Alemanha: Tratamento de Resíduos iniciou com a experiência e a prática de PhD Gerold Hafner, explicando os conceitos de gestão de resíduos e a função da incineração de resíduos. Complementando a fala, subiu ao palco o alemão Matthias Rapf, pesquisador e professor de Mestrado da Universidade de Stuttgart, no departamento de gestão de resíduos, mostrando exemplos práticos da incineração.

Depois de um intervalo, Ana Maria Pellini, da Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, juntamente com Valtemir Bruno Goldmeier, apresentaram a visão e atividades da SEMA em relação a gestão de resíduos sólidos urbanos no Rio Grande do Sul.

Na sequencia, Evaldo Oliveira, gerente na Unidade de Negócios Epsilon na Madal Palfinger, apresentou equipamentos para coleta, movimentação e separação de resíduos e explicou o funcionamento. E André Gomes, apresentou equipamentos para trituração de resíduos.

Finalizando a programação da manhã, o mediador Geraldo Antônio Reichert, organizou um debate com os palestrantes, momento em que os presentes fizeram perguntas para esclarecer as dúvidas.

A programação do evento continuou após o almoço, com a palestra de Gustavo Teixeira e Silva, diretor presidente do Grupo EcoBras e diretor executivo de negócios da Atteris, explicando os princípios da tecnologia de pirólise, nos resíduos industriais e de serviço de saúde.

A visão do Ministério Público na aplicação da política nacional de resíduos sólidos o Rio Grande do Sul também foi uma das discussões do evento. A explanação foi realizada pelo Procurador de Justiça e Coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente (MPE-RS), Dr. Carlos Roberto Lima Paganella.

Nedio de Lazari, que foi representando por colaboradores da Madec, falou sobre recuperação energética de lodo de ETE.

Depois do intervalo, Dominik Leverenz, pesquisador na Universidade de Stuttgart, trabalha com o gerenciamento de resíduos sólidos como análise gravimétrica, conceitos de biogás, prevenção da produção de resíduos alimentares e gestão de resíduos hospitalares, salientou a importância da caracterização do resíduo sólido municipal, apresentando uma análise gravimétrica  realizada por ele na Alemanha.

O último palestrante do evento, Gilberto Meletti, gerente Comercial, de Comunicação e Marketing na Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) explicou sobre o gerenciamento de Resíduos Sólidos urbanos, apresentando o Case Codeca.

E para encerrar as atividades do I Encontro Técnico Brasil - Alemanha: Tratamento de Resíduos, o mediador Geraldo Antônio Reichert coordenou o último debate com os palestrantes da tarde. Momento em que além de perguntas, os presentes tiveram a oportunidade de apresentar os seus apontamentos sobre os assuntos discutidos.

O encontro teve o apoio da Câmara Brasil Alemanha (AHK), Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos (Abetre), Trombini Embalagens, Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçados e Artefatos (Ibtec) e Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, e o patrocínio de Ambe, EcoREG do Brasil, Lindner Recyclingtech, Madec, Palfinger, ApliquimBrasil Recicle, Vinícola Salton e LJS Soluções Ambientais e Harbauer. 

-

Compartilhe isto:



Vanessa Bruinsma - Jornalista


Comente esta Notícia
+55 (54) 3055.8700 / 99109.1113 / 99128.6149 - proamb@proamb.com.br

© Todos os Direitos Reservados 2013 | Fundação Proamb