Imprensa

23/07/2014

O biodiesel que vem do óleo de cozinha

Um litro de óleos residuais de cozinha contamina 12 mil litros de água. E, anualmente, são descartados aproximadamente 1,5 bilhão de litros de óleos no meio ambiente, por 50 milhões de residências e pequenos estabelecimentos do ramo da alimentação no Brasil. O projeto Bioplanet, da Biotechnos Projetos Autossustentáveis, tem como objetivo reaproveitar mais e melhor este volume imenso de resíduos. A iniciativa da empresa, com sede em Santa Rosa (RS) e unidades no Rio de Janeiro e São Paulo, consiste na constituição de Arranjos Produtivos Locais (APL’s) para a promoção, produção e uso de biodiesel exclusivamente a partir de óleos e gordura residuais (OGR).

O modelo baseia-se na coleta residencial das gorduras residuais por meio da inclusão produtiva de materiais recicláveis, que participam da gestão e dos resultados econômicos do projeto, e da educação ambiental de crianças e adolescentes. Se o volume de óleo de fritura descartado hoje no país fosse transformado integralmente em biodiesel, poderíamos abastecer grande parte da frota de veículos a óleo diesel mineral.

-

Compartilhe isto:


Galeria de Imagens

Comente esta Notícia
+55 (54) 3055.8700 / 99109.1113 / 99128.6149 - proamb@proamb.com.br

© Todos os Direitos Reservados 2013 | Fundação Proamb