Imprensa

09/08/2017

Palestra debate importância da gestão ambiental em propriedades rurais

“Por que nos preocupamos com a gestão ambiental na propriedade rural?” – a pergunta, tema da aula inaugural do curso de Agronomia do Campus Bento Gonçalves do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), requer várias respostas. Comprometida com a promoção do conhecimento no que tange à gestão ambiental há mais de 25 anos, a Fundação Proamb é parceira da instituição e promotora da palestra que ocorre amanhã (10), às 14h, com o professor e doutor Luciano Gebler.

Além de aula inaugural do Curso de Agronomia, o encontro é o Evento Satélite do lançamento do Seminário Brasileiro de Agropecuária, uma das atrações de destaque na programação do FiemaCon, que ocorre durante a FIEMA Brasil 2018, no mês de abril, em Bento Gonçalves.

Pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Centro de Pesquisa de Uva e Vinhos, ele falará sobre a necessidade de o produtor lançar um olhar para o ambiente que o cerca – e não apenas para sua propriedade – para tomar suas decisões de como produzir. “É daí que resultam os impactos ambientais negativos que devemos evitar”, orienta Gebler, formado em Agronomia e com doutorado em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental pelo Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). “Cada caso será um caso, e uma solução encontrada para o vizinho da direita da estrada poderá ser desastrosa para o vizinho da esquerda”, alerta.

O produtor que decide executar uma gestão ambiental eficaz pode começar esse trabalho de forma autônoma, criando a memória escrita da propriedade e sua contabilidade rural (ativos, passivos e patrimônio líquido), fator também importante nesta tarefa. Após, a contratação de um profissional para auxiliá-lo no mapeamento de riscos da propriedade e na tomada de decisões se faz necessária.

Os benefícios de quem decide adotar uma gestão ambiental, segundo Gebler, são vários. “Socialmente falando, essa gestão evita problemas de ordem legal, multas e até prisões. Do ponto de vista econômico, significa a gestão correta dos insumos da propriedade a fim de minimizar o resíduo e maximizar a eficiência e consequentemente o lucro. Ecologicamente, significa que você estará vivendo em um ambiente salubre e com menos risco a você e sua família”, enumera o pesquisador.

 

Serviço

O que: palestra “Por que nos preocupamos com a gestão ambiental na propriedade rural?”, com o pesquisador da Embrapa Luciano Gebler

Quando: quinta-feira, dia 10, às 14h

Onde: Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) – Campus Bento Gonçalves (Av. Osvaldo Aranha, 540 – Juventude da Enologia)

Quanto: entrada franca. Inscrições pelo e-mail educacao@proamb.com.br ou telefone (54) 3055.8703

 

-

Compartilhe isto:


Galeria de Imagens

Comente esta Notícia
+55 (54) 3055.8700 / 99109.1113 / 99128.6149 - proamb@proamb.com.br

© Todos os Direitos Reservados 2013 | Fundação Proamb