Imprensa

24/06/2016

Volkswagen diminui produção de lixo no Paraná

Montadora reduziu em 80% o volume enviado para aterro industrial

A Volkswagen destaca ter reduzido o impacto ambiental da planta paranaense de São José dos Pinhais. Ao firmar parceria com uma fabricante de cimento, a unidade diminuiu em 80% o envio de resíduos para aterro industrial. Desde o fim de 2015, 15 toneladas de lodo são enviadas mensalmente à cimenteira, que usa o material que seria descartado em seu processo produtivo. Os resíduos vêm de esgoto sanitário (dos banheiros, vestiários e cozinha), e industrial (gerado no processo produtivo).

Segundo a Volkswagen, a solução foi encontrada depois de profunda pesquisa dos engenheiros da fábrica em busca de redução dos envios para aterros. Os efluentes da planta são encaminhados para estação de tratamento de esgoto dentro da unidade. Ali o material passa por processo físico, químico e biológico para que as bactérias acelerem a decomposição e gerem o lodo que pode ser usado na produção de cimento.

O subproduto é encaminhado à Balsa Nova, cimenteira com quem a Volkswagen firmou parceria. O material é misturado e passa a servir de combustível para os fornos usados na fabricação do cimento. A montadora garante que todo o processo é certificado por órgãos ambientais.

Além do lodo, outros resíduos são reaproveitados, como borra de tinta, cola, polímeros e borracha. Há ainda os materiais recicláveis, como sucata metálica, papel e vidros. Segundo a Volkswagen, a fábrica paranaense recicla ou reutiliza 98% de todo o lixo gerado.

 

Fonte: automotivebusiness.com.br

-

Compartilhe isto:


Galeria de Imagens

Comente esta Notícia
+55 (54) 3055.8700 / 99109.1113 / 99128.6149 - proamb@proamb.com.br

© Todos os Direitos Reservados 2013 | Fundação Proamb